Plantão
Caucaia

Caucaia: Vacina contra a gripe chega a todos os postos; saiba quem deve ser imunizado

Publicado dia 20/04/2018 às 22h56min
A campanha foi antecipada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em quatro dias por conta do elevado número de casos de H1N1 registrados em Fortaleza.

Primeira cidade do Ceará a começar a campanha de imunização contra a gripe este ano, Caucaia já dispõe de doses em todas as 46 salas de vacina do município. Nesta sexta-feira (20/4), as dez unidades localizadas em zona rural e em território indígena receberam lotes e imediatamente passaram a oferecer o serviço, iniciado ontem na zona urbana.

A campanha foi antecipada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em quatro dias por conta do elevado número de casos de H1N1 registrados em Fortaleza. O fluxo de pessoas entre a capital e Caucaia é intenso e diário, o que pode representar risco devido ao elevado poder transmissibilidade da doença. A gripe em geral é transmitida por via aérea (tosse ou espirro).

Além da gripe comum, a vacina ofertada pela Prefeitura previne ainda contra os subtipos H1N1 e H3N2. Nem todo mundo, contudo, pode se vacinar. Quem já estiver gripado ou for alérgico à proteína do ovo não deve receber a dose. Nesses casos, é obrigatória a busca por orientação médica prévia.

Por ora, a campanha vacinará somente “grupos de risco”. São eles: crianças com idade entre seis meses e cinco anos incompletos, gestantes, puérperas (mulher que deu à luz há dois meses), lactantes, idosos, portadores de doenças crônicas, trabalhadores da saúde, professores e população privada de liberdade.

Os caucaienses com essas características que não têm como ir a um posto receberão equipes em casa. Basta solicitar o serviço ao Agente Comunitário de Saúde da região ou por telefone, direto no posto de saúde do bairro. A visita é agendada. Cuidadores de idosos também podem ser beneficiados.

Em crianças com idade entre seis meses e dois anos, há a necessidade de aplicação de duas doses no intervalo de 30 dias. O mesmo vale para a faixa etária compreendida entre três anos e oito anos. Já para crianças a partir de nove anos e adultos, a dose é única.

A meta da Prefeitura é proteger pelo menos 80 mil caucaienses até 1º de junho, quando a mobilização nacional para “grupos de risco” encerra e será aberta à população em geral. Neste primeiro momento, 16 mil vacinas serão aplicadas no município, que continuará sendo abastecido pelo Estado conforme o surgimento de mais demanda. Em todo o Brasil, o Ministério da Saúde projeta a imunização de mais de 54 milhões de pessoas.

Caucaia tem um caso de H1N1 confirmado (uma garota de quatro anos) e dois sob investigação: um homem de 51 anos oriundo de Fortaleza e uma gestante de 33 anos. Nenhuma morte em decorrência da doença foi registrada no município. Até o momento, o Ceará soma 24 casos de H1N1 e quatro óbitos.

ONDE A VACINA JÁ ESTÁ DISPONÍVEL.
UBS Assistência à Criança (Caic), no bairro Padre Júlio Maria
UBS Dr. Joaquim Braga, no bairro Planalto Caucaia
UBS Maria dos Passos Matias Gomes, no bairro Novo Pabussu
UBS Maria Firmino Mendes (Dona Cotinha), no Centro de Caucaia
UBS Terezinha Lima Moreira, no bairro Parque Soledade
UBS Parque Soledade II, no bairro Parque Soledade
UBS Ernandes Pires de Sousa, na Iparana
UBS Francisco Ferreira da Silva, no Itambé
UBS Maria dos Santos Menezes, no Icaraí/Barra Nova
UBS Célia Nascimento, no Jardim Icaraí
UBS Maria Helena Aguiar, no Cumbuco
UBS Pedro Gabriel de Oliveira, no Parque Leblon
UBS Rita de Cássia Oliveira Eugênia, no Mestre Antônio
UBS Rodrigues dos Santos, na Tabuba/Parazinho
UBS Valdenúzia Moreira Bastos, no Pacheco
UBS João Rodrigues da Silva, no Genipabu
UBS Luiz Costa Vieira, no Capuan
UBS Emanuel Gomes da Silva, no Toco
UBS Júlia Pessoa de Araújo, no Mirambé
UBS Maria de Jesus Ferreira, no Picuí 
UBS Rocilda Oliveira Pontes, no Metrópole
UBS Sérgio Rodrigues Teixeira, no Nova Metrópole
UBS Ametista de Oliveira Bastos, no Novo Guadalajara
UBS Antônio J. P. Machado – Araturi, na Associação Guadalajara
UBS C. Integrado de Desenvolvimento Infantil (Cidi), no Marechal Rondon
UBS Francisca Carlota de Matos, no bairro Guadalajara
UBS Francisca de Fátima L. da Costa, na Associação Guadalajara
UBS Francisco Paulo Pontes, no Marechal Rondon
UBS Lar Fabiano de Cristo (Capemi), no Marechal Rondon
UBS Afonso de Medeiros, no Tabapuá
UBS Dr. Francisco Djalma Soares, no Tabapuazinho
UBS Ednir Carneiro Galeno, no Potira I
UBS Giselda Magalhães Bezerra, no Potira II
UBS Maria de Lourdes Gomes Dantas, no Parque Albano
UBS Novo São Miguel, no Novo São Miguel
UBS Velho São Miguel, no Velho São Miguel
UBS Dr. Renato Braga, no Bom Princípio
UBS José Maria Matos, na Carauçanga
UBS Nilda Matos Brito de Miranda, na Tucunduba
UBS Eduardo Nogueira Jr, no Arianópolis
UBS Tecla Gonzaga Sales, no Tabuleiro Grande
UBS Maria F. do Nascimento, nos Matões
UBS João Marcolino de Oliveira, nos Sítios Novos
UBS Inácio Monteiro Gondim, na Catuana
UBS Antônio Brasileiro, na Primavera
UBS Comunidade Indígena Padre Júlio Maria, no Padre Júlio Maria Cesit

Fonte: Ascom

ÚLTIMAS Notícias

Fale Conosco

Caucaia-Ce
(85) 3011-1308 | (85) 8121-5746 | (85) 8121-5746
metropolenewscaucaia@gmail.com