Plantão
Caucaia

Turistas denunciam trânsito de bugue em local proibido no Cumbuco Veja vídeo

Publicado dia 30/10/2017 às 20h47min | Atualizado dia 30/10/2017 às 20h48min
O episódio aconteceu no fim da tarde do último domingo, 29, na praia do Cumbuco, em Caucaia. Duas mulheres, uma delas grávida, afirmaram temer serem atropeladas pelos veículos

Duas jovens afirmam que quase foram atropeladas por bugues, quadriciclos e veículos 4x4, que transitavam foram da área demarcada para a circulação de carros, na Praia do Cumbuco, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O episódio aconteceu na tarde do último domingo, 29, em frente ao hotel Vila Galé. Uma delas, de 42 anos e grávida de sete meses, fazia um book na praia e disse ter ficado bastante assustada. “Até pedi pra eles irem devagar, mas não adiantou. O bugueiro fez foi zombar da nossa cara e acelerava ainda mais”, aponta a joven que pediu para não ser identificada. 

Na área, segundo a outra jovem, tem muitos surfistas e banhistas. Em algumas das fotos feita por elas, aparece uma placa indicando ser proibida a circulação de carros. 
 
O presidente da Associação dos Bugueiros, Fausto Alves, aponta que orienta aos bugueiros credenciados que, para ter acesso à área delimitada ao passeio, é necessário cruzar uma pequena parte da praia. Mas ele disse orientar aos motoristas credenciados que somente circulem na faixa de areia seca. “Que é proibido, todos nós sabemos, mas é importante deixar bem claro que nós, que trabalhamos com turismo, fazemos a orientação de que os bugues não andem fora da área demarcada”, afirma. Segundo ele, a maioria dos bugues que circulam nessa área não é credenciado pela associação.
 
O presidente da associação conta que, na faixa de praia a circulação de veículos é proibida em qualquer horário. No entanto, existem comunidades na beira do mar que só se chega de veículo 4x4. A associação tem 130 bugueiros cadastrados.
 
Prefeitura 
A prefeitura de Caucaia informa, por meio de nota enviada pela assessoria de imprensa que agentes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMT) fazem frequentemente trabalhos de fiscalização na orla de Caucaia. Aos fins de semana, duas equipes, cada uma com quatro componentes, percorrem a faixa de areia de forma initerrupta no sentido de inibir o passeio de carros.
 
Ainda segundo a nota, em diversas oportunidades, a fiscalização é feita em parceria com equipes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), seja em blitze ou em ações volantes. Os trabalhos serão reforçados com o ingresso de 20 novos agentes aos quadros da AMT. Aprovados em concurso público, eles iniciam o curso de formação em novembro e já devem começar a atuar na próxima alta estação, em janeiro
Fonte: O Povo