Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Imagem Do Topo
Leandro MN

Leandro MN

Um homem foi preso pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), na noite da última segunda-feira (16), por matar, esquartejar e ocultar o cadáver de uma mulher, durante o fim de semana, no bairro José Walter, em Fortaleza. Conforme informações obtidas pela TV Diário, Herdriano Lopes Pereira, de 38 anos, confessou à Polícia ter matado Maria do Socorro Nascimento Santos, 40. O suspeito alegou que foi motivado por a mulher ter furtado o aparelho celular dele para trocar por droga.⠀
Segundo Herdriano, o furto ocorreu na noite de sexta-feira (13), quando ele saiu com Maria do Socorro para beber. Ao perceber na manhã de sábado (14) que o seu celular tinha sido subtraído, o homem procurou pela vítima e a levou para uma residência onde ele trabalhava como caseiro, na Rua Bernardo Manoel, no bairro José Walter, onde aconteceu o crime. A Polícia encontrou o corpo na noite da última segunda-feira (16). O cadáver estava dentro de uma fossa, coberto com barro e lacrado com cimento.

Fonte: Diário do Nordeste

Na tarde desta terça-feira, (17) um homem identificado por Renato Jorge Rocha Bezerra Filho, 35 anos, advogado foi assassinado na Rua F do Parque Soledade em Caucaia. A vítima foi morta próximo a sua casa, onde também ficava seu escritório, Renatinho como era conhecido, estava com as mãos amarradas para trás. Polícia forense e DHPP estiverem no local para investigações. Há exatamente uma semana atrás no dia 10/07 um outro advogado identificado por Francisco Erivaldo Rodrigues, também foi morto em Caucaia. As investigações prosseguem em ambos os casos. #metropolenews

Fonte: Metrópole News

A Justiça do Ceará condenou um casal a pagar R4 7,5 mil a uma proprietária de um posto de combustíveis, em em razão de publicação considerada ofensiva no Facebook. A decisão, publicada no Diário da Justiça de 10 de julho, é do juiz Zanilton Batista Medeiros, titular da 39ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza.

De acordo com o processo, o casal de empresários esteve no posto, em 30 de outubro de 2013, para abastecer o carro, no valor de R$ 25. Por conta de problemas técnicos e de inexperiência do frentista, o abastecimento não foi realizado.

Porém, no painel da bomba demonstrava o valor de R$ 50, referente a abastecimento anterior, o que induziu o frentista a erro. Os empresários, então, divulgaram a situação em uma rede social, como sendo vítimas de um golpe praticado pelo posto.

Postagem com 9 mil acessos

A proprietária registrou boletim de ocorrência e recorreu à Justiça, pedindo reparação moral. Alegou que a postagem atingiu mais de nove mil acessos, recebendo inclusive a ligação da Petrobras Distribuidora, preocupada com a imagem da empresa.

No processo, ela afirma ter mantido contato telefônico com o casal na tentativa de resolver o problema, mas acabou sendo agredida verbalmente. Disse, ainda, que a empresa reconheceu o erro e se disponibilizou a repará-lo imediatamente.

O casal defendeu, na contestação, que poderia ter havido prática de crime e que o posto deveria ser investigado pelos órgãos de segurança. Explicou que não apresentou queixa-crime porque os representantes do estabelecimento se negaram a informar o nome completo e o endereço do frentista e do gerente que testemunhou o caso.

 

Sentença

 

Na sentença, o juiz ressaltou que “mostrou-se açodado e irresponsável o comentário feito pela rede social sem, ao menos, ocorrer requerimento para abertura de inquérito para apuração dos fatos”.

O juiz afirma, ainda, que “o valor adequado à indenização pelo dano moral seria de R$ 5 mil em relação à cliente, que praticou a ofensa à pessoa jurídica, e R$ 2,5 mil para seu noivo, que compartilhou a notícia, ajudando a propagar o fato e a confirmar o ocorrido, pois esteve presente no local”.

Ainda de acordo com o juiz, “tal comentário transborda o direito de crítica e a liberdade de expressão em relação ao serviço defeituoso, pois macula a imagem da pessoa jurídica, na medida em que coloca o defeito na prestação do serviço, fato da seara consumerista, como um algo criminoso, com contornos de estelionato”.
Fonte: G:1

A Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE) encaminhou nesta quarta-feira (18) à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e Ministério Público Estadual solicitação para apuração e investigação rigorosa dos casos recentes referentes ao assassinato de dois advogados nas últimas semanas, em Caucaia, na Grande Fortaleza.

“Não se trata só de defender as prerrogativas da advocacia com a garantia indispensável ao exercício profissional, se trata de defender a vida. Vamos acompanhar as investigações e cobrar a apuração dos fatos, bem como a punição dos criminosos”, afirmou Marcelo Mota, presidente da OAB-CE.

Nesta terça-feira (17), advogado Renato Jorge Rocha Bezerra Filho, de 35 anos, foi assassinado na própria casa, no Bairro Parque Soledade, em Caucaia. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o corpo foi encontrado com as mãos amarradas e manchas de tiros no quintal do imóvel. A Polícia Civil investiga as circunstâncias do crime na tentativa de identificar os envolvidos.

Em 10 de julho, o advogado e ex-vereador Francisco Erivaldo Rodrigues, de 53 anos, estava dentro do próprio escritório quando foi surpreendido por bandidos. Os homens dispararam contra Francisco Erivaldo, que morreu na hora.

A Delegacia Metropolitana de Caucaia informou que abriu um procedimento para investigar o assassinato. A polícia, contudo, não deu detalhes sobre a motivação crime.

Fonte: G:1

Um jovem de aproximadamente 21 anos foi encontrado morto em uma trilha na praia do Cumbuco em Caucaia na tarde desta quarta-feira, (18)

De acordo com informações da Polícia Militar nenhum familiar da vítima compareceu ao local, apenas bugueiros que trabalham na região.

A vítima foi executada com 7 a 10 tiros de pistola 380. O local é de difícil acesso, por isso a polícia acredita que homens em um carro realizaram o crime.

O jovem não tinha nenhuma identificação, mas a blusa que ele vestia era semelhante a dos bugueiros que trabalham na região. Ninguém reconheceu a vítima. O crime aconteceu ao lado de um famoso hotel na região.

Fonte: CNEWS

Um homem identificado como Sharlison Ferreira de Almeida, foi assassinado a tiros na tarde desta quarta-feira (18), na frente do filho de 9 anos, próximo ao anel viário no bairro Urucutuba, em Caucaia.

Testemunhas relataram que um homem em uma moto chegou no estabelecimento pedindo para que a vítima enchesse o pneu, foi nesse momento em que o criminoso sacou uma arma e atirou contra Sharlison. A vítima ainda tentou correr, mas foi perseguida e morta. Em seguida o assassino fugiu pelo anel viário.

O prefeito Naumi Amorim inaugurou nesta quarta-feira (18/7) o novo sistema de iluminação do Campo dos Cobras, no bairro Padre Júlio Maria. O espaço recebeu seis postes com 18 refletores com luzes brancas de vapor metálico e potência de 400 watts.
 
Os equipamentos serão ligados diariamente das 17h45min até 23 horas. “Através desse serviço, estamos trazendo mais dignidade para todos dessa localidade. E vamos trabalhar para trazer mais melhorias para vocês. Porque o povo não pode esperar. Nós precisamos trazer mais dignidade para Caucaia! E incentivar o esporte é uma forma disso se concretizar”, afirmou o prefeito.
 
Os projetos de iluminação que estão sendo executados no município são elaborados pela Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans) e aprovados pela Enel, empresa responsável pela distribuição de energia elétrica no Ceará.
 
Segundo o titular da pasta, Assis Medeiros, essa inauguração é só a primeira melhoria que a comunidade vai receber. “Isso é só um pouco do muito que traremos. Vamos cuidar com carinho de vocês. Estamos trabalhando para vocês terem uma qualidade de vida melhor, com mais lazer, mais esporte, mais saúde", pontuou.
 
Moradora da localidade há 47 anos, Adriana Gomes conta que o Campo dos Cobras nunca teve iluminação. “Agora, a gente se sente até mais seguro. Podemos sair de casa sem tanto medo.”
 
Elenilda Teixeira conta que nasceu e cresceu no bairro e se alegra por depois de tantos anos ver o campo iluminado pela primeira vez. “Estávamos ansiosos pela iluminação! Agora vamos poder aproveitar o campo. Nossas crianças brincarão com mais segurança.”
 
Após a solenidade, o prefeito Naumi Amorim deu início à primeira partida de um torneio organizado pela comunidade para inaugurar a nova iluminação do campo.
Fonte: ASCOM

Um turista de Sorocaba morreu nesta segunda-feira (16) ao cair de um brinquedo no Beach Park, parque aquático em Aquiraz, na Grande Fortaleza. Ricardo José Hilário Silva, 43 anos, estava em uma boia com mais três pessoas no "Vainkará", atração que havia sido inaugurada no fim de semana. Na última curva do toboágua antes da chegada à piscina no solo, a boia passou da altura de parede lateral de contenção, e os quatro caíram.

Em nota, o Beach Park lamentou a morte do turista, que trabalhava como radialista em Sorocaba. "A equipe de segurança aquática realizou o atendimento de forma imediata, mas infelizmente o visitante foi a óbito. O Beach Park lamenta profundamente o ocorrido e está dando todo o apoio, suporte e atenção para a família."

O G1 conversou com duas pessoas que estiveram na boia e sobreviveram ao acidente. Eles afirmaram que Ricardo José caiu de cabeça no chão. "No momento em que a boia caiu, ele [Ricardo] estava mais à direita na parte mais alta da boia. E ele também caiu de cabeça, por isso sofreu mais", afirma o turista Mateus Sena, de São Paulo, que estava na mesma boia que a vítima.

 

Até 320 quilos pro grupo

 

Um deles afirmou que uma placa alerta para o peso máximo das quatro pessoas somadas, que não pode ultrapassar 320 quilos.

"Nós tínhamos pessoas de grande porte físico e na hora de descer na boia não avaliaram e não alertaram a gente sobre o risco, parecia que estava tudo ok, tinham que ter alertado sobre o risco", afirma Mateus Sena. A namorada de Sena, que também desceu no "Vainkará" no momento do acidente, sofreu "um forte impacto no peito e no braço" e está "bastante abalada, em choque".

"Ele [Ricardo José] caiu do meu lado, desmaiou na hora. Segurei ele, mas a água foi me puxando, fui levantando ele pra não engolir água. Os salva-vidas demoraram pra chegar e ajudar", relembra Tarcísio Pontes, 44 anos, turista de Mato Grosso.

 

O turista se diz "abalado emocionalmente", e reclama que não recebeu atendimento do parque. "Pedi atendimento, pra pelo menos medir a pressão, mas eles falaram que não tinham equipamento. O atendimento foi péssimo. Estou emocionalmente abalado, tive que tomar calmante", detalha.

Mateus Sena e Tarcísio Pontes afirmaram ao G1 que sofreram abalo emocional, mas não tiveram ferimentos físicos.

De acordo com a divulgação do brinquedo, o "Vainkará" proporciona várias descidas ao longo de 150 metros de percurso; a primeira queda é íngreme e faz com que a boia encontre uma grande onda. "Em uma sequência rápida uma segunda onda deixa o Vainkará mais radical, com sensação de gravidade zero", registra a descrição do brinquedo.

Após o acidente, o parque encerrou as atividades da atração, que só voltará a abrir após a apuração pericial que será realizada pelos órgãos competentes na investigação das causas do acidente. "Em respeito a família", o parque não funcionará nesta terça-feira (17), informou o empreendimento.

Conforme as normas do "Vainkará", quatro pessoas devem descer no toboágua de 25 metros e 140 metros de percurso de altura ao mesmo tempo. Mateus Sena, que estava com a namorada, conheceu a vítima, Ricardo José, e um outro turista, Tarcísio Pontes. "A gente se conheceu na fila e combinamos de ir nós quatro, outras duas pessoas da família [de Ricardo José] viaram na descida seguinte, com outras duas pessoas", conta Mateus Sena.

Ainda conforme as testemunhas relataram ao G1, um familiar de Ricardo José que descia na sequência do acidente desmaiou ao chegar ao solo e vê-lo sangrando no chão.

As pessoas envolvidas no acidentes também informaram que o parque aquático priorizou o atendimento a Ricardo José Hilário Silva, que "estava visivelmente em estado mais grave".

Fonte: G:1

O Estado do Ceará foi condenado a pagar indenização de R$ 50 mil a um familiar de um presidiário assassinado dentro de uma cela da Casa de Privação Provisória de Liberdade III, em Itaitinga, na Grande Fortaleza. A decisão é da juíza Ana Cleyde Viana de Souza, titular da 14ª Vara da Fazenda Pública do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza.

O homem encontrava-se detido quando, em 17 de dezembro de 2016, foi encontrado morto por envenenamento. A avó da vítima ressalta que a situação causou danos de ordem material e moral (sofrimento), além de ter decorrido da negligência e omissão estatal.

Um agente penitenciário informou ao G1 que presidiários assassinados são forçados a escolher a própria morte por envenenamento, espancamento ou lesões por armas perfurantes.

O Estado defendeu que se trata de evento de "responsabilidade subjetiva", sendo que a avó do preso não comprovou a culpabilidade do ente estatal, notadamente porque não há prova sobre o suposto homicídio.

 

Defesa do estado

 

A defesa do Estado alegou também que a indenização em caso de morte cabe aos parentes mais próximos da vítima e que a extensão do dano moral a outros entes da família (avós, tios, etc.) dificulta a percepção do sofrimento, de modo que os pais seriam as pessoas legitimadas para fazer o pedido.

Ao analisar o caso, a juíza considerou que a avó mostrou argumentação suficiente para caracterizar a relação de afetividade e convívio com o neto. Isso porque, conforme documentos apresentados, os pais da vítima são falecidos e ela era tutora judicialmente nomeada.

Sobre os danos materiais, a magistrada explicou que a avó "descreveu, de forma singela, na causa de pedir, o direito ao dano material, sem descrever o seu âmbito de abrangência, bem como, no pedido, se reportou apenas ao dano moral, motivo pelo qual considero que sua pretensão se fundamenta e se resume somente na reparação do dano moral".

Fonte: G:1

O prefeito Naumi Amorim e a secretária municipal de Educação, professora Lindomar Soares, entregaram hoje à comunidade do Marechal Rondon, na Grande Jurema, a quadra poliesportiva e a Escola de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EEIEF) Economista Rubens Vaz reformadas.

Os espaços exerciam suas ações com dificuldades há cinco anos. Com essa entrega e outras quatro unidades que serão inauguradas até a próxima sexta-feira (29/6), serão oito escolas e quatro quadras poliesportivas prontas para as atividades escolares e para o apoio da comunidade. “Vocês sabem da dificuldade que a gente recebeu esse município. Como eram as escolas e os prédios públicos de Caucaia. Estamos resgatando tudo”, disse Naumi.

A secretária de Educação Lindomar Soares ressaltou que a Escola Rubens Vaz é referência com seus mais de dois mil alunos. E adiantou que com o apoio do prefeito Naumi Amorim, além da recuperação dos equipamentos escolares, a educação de Caucaia contará agora com diversos projetos especiais destinados a elevar em pelo menos 10% o rendimento dos alunos da rede municipal.

A direlora da escola Rubens Vaz, Marly Xavier, lembrou que em julho próximo a unidade completa 44 anos de existência formando cidadãos para atuarem nas mais diversas atividades do município e de outras cidades da Região Metropolitana de Fortaleza, “e que não conseguiria mais cumprir com suas funções sem o resgate dos equipamentos.”

Fonte: ASCOM

Nossos Contatos

Entre em contato conosco

WhatsApp - 85 8121-5746

 

ANUNCIE EM NOSSO SITE E APAREÇA DE VERDADE

TEMOS UM ESPAÇO ESPECIAL PARA SEU ANUNCIO

 

Imagens das Postagens

Caucaia é único município cearense a ofertar atendimento oftalmológico em postos

Naumi Amorim assina contrato de US$ 80 milhões com banco internacional

CSP abre 60 vagas no Programa Jovem Aprendiz e Aprendiz PCD para 2019

Crise de identidade? PT troca o vermelho por verde e amarelo

IFCE Caucaia com mais de 100 vagas em cursos gratuitos

Prefeito abre programação da Semana do Município

Principal acesso a Caucaia recebe 341 lâmpadas de LED

Projeto de lei muda nome de rua e presta homenagem a Guarda municipal assassinado no bairro do Itambé em Caucaia

Batalhão do Exército de Garanhuns/PE vai atuar na Garantia das Eleições em Caucaia no Ceará

PORTAL METRÓPOLE NEWS © 2018 Todos direitos reservados