Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Imagem Do Topo
Leandro

Leandro

Uma empresária de 51 anos foi assassinada a tiros e facadas em um sítio nesta quarta-feira (25) no Bairro da Sabiaguaba, em Fortaleza. Segundo a Polícia Militar, a vítima foi assassinada a mando de membros de uma facção criminosa envolvida com tráfico de drogas no bairro, após uma discussão com vizinhos que atraiu a polícia para o local.

A empresária Eliana Aparecido Araújo, 51 anos, foi encontrada morta com diversos ferimentos provocados por arma de fogo e facas na região do tórax, nos braços e no rosto. O corpo foi localizado dentro do sítio, que havia sido comprado há cerca de um ano pela vítima para promover eventos religiosos.

Segundo o cabo Lopes da Polícia Militar, a empresária havia discutido com outros moradores do bairro, após o furto de peças de um carro da vítima. Com isso, a polícia foi acionada ao local e dois vizinhos foram levados para a delegacia há algumas semanas. Após o ocorrido, a mulher recebeu ameaças e chegou a ser agredida. O veículo foi incendiado.

Na tarde de quarta-feira, ela foi ao sítio levar ração para animais que eram criados no local. A polícia disse que ela chegou acompanhada de dois homens, moradores da Sabiaguaba, que haviam sido chamados para ajudar a descarregar o carro.

Suspeitos

 

Ao entrar no sítio, Eliana Aparecido foi agredida e assassinada. A principal suspeita da polícia é que os dois homens contratados para transportar a ração animal tenham sido os autores do homicídio.

"Ela vinha no sítio duas ou três vezes na semana para trazer ração para os animais e sempre contratava alguém para ajudar. Segundo informes que recebemos, foram esses dois homens que assassinaram a mando de traficantes. Ela foi achada com tiros nas mãos, o que indica que ela ainda tentou se livrar", comentou o policial.

O cabo da PM acrescentou que o crime tem relação com o veículo da vítima, que teve peças furtadas da frente do sítio. "Pode ter relação com a briga, porque ela atraiu a polícia para o local. Com isso, um traficante teria ordenado a morte", disse.

 

Investigação

 

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e a Polícia Civil iniciaram as investigações e recolheram o corpo da empresária para análise pericial. A Divisão de Homicídios instaurou um inquérito para apurar o caso. Ninguém foi preso, até a manhã desta quinta-feira.

Fonte: G:1

A Secretaria Municipal de Educação (SME) já começou a distribuir a merenda escolar da rede de ensino de Caucaia. A expectativa da pasta é de as rotas de entrega serem concluídas até a próxima terça-feira (31/7). Antes, portanto, do reinício do ano letivo.

Todas as 189 unidades escolares da rede municipal serão abastecidas com produtos  como cereais, carne, frango, verduras e legumes. Estimado em 71 toneladas, o estoque será utilizado durante o mês de agosto. “A gente pode dizer que hoje a rede está organizada. E vamos continuar trabalhando pra continuar assim. Porque só quem ganha com isso são os alunos”, afirma o prefeito Naumi Amorim.

 Caminhões-baú estão fazendo rotas nas quatro grandes regiões de Caucaia desde essa quarta-feira (25/7). As primeiras escolas a receberem a merenda foram as localizadas na BR-020. Vinte e duas unidades foram beneficiadas, atendendo a um total de quase 3,5 mil alunos.

 “Nosso objetivo é a oferta de uma merenda de qualidade. E nós temos conseguido isso com muito planejamento e zelo com o dinheiro público. A gente entende que o aluno bem alimentado tem mais chances de aprender e desenvolver suas capacidades”, diz a titular da SME, professora Lindomar Soares.

 A observação da secretária faz alusão ao que tem sido desenvolvido pela Prefeitura para melhorar a qualidade da merenda escolar da rede municipal de ensino. Os itens do cardápio foram ampliados e redefinidos por nutricionistas, levando em consideração a real necessidade das crianças e dos adolescentes.

 Além disso, o investimento feito mensalmente pela SME foi reduzido para menos da metade do que gestões anteriores gastavam. Ou seja: a atual gestão oferta aos estudantes pratos de melhor qualidade utilizando menos recursos. E mais: 70% dos produtos são oriundos da agricultura familiar.

Isso significa que a Prefeitura tem gerado renda para produtores locais. “O dinheiro circula dentro do município e a gente gera um ciclo positivo pra todo mundo. A Secretaria tem uma merenda boa, os alunos se alimentam bem e a economia da cidade fica mais forte”, conclui Naumi Amorim.

Fonte: ASCOM

Um homem identificado como Ruy César Cesário de Lima, de 18 anos, foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (26), no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza. Ele morava somente há 3 meses no bairro.

Dois homens e duas mulheres chegaram em um veículo modelo Etios de cor prata, entraram na casa e no momento em que Ruy estava com a esposa e um cliente, um dos homens efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima que morreu no local.

A vítima não tinha passagem pela Polícia, mas foi testemunha de um homicídio, ele já tinha sido usuário de drogas, mas tinha deixado de usar.

A Polícia Civil segue na investigação para descobrir o motivo do crime, se seria por dívida de drogas ou teria alguma relação com o fato dele ter sido testemunha de um homicídio. 

Fonte: CNEWS

Foram mobilizados 50 Policiais Federais para o cumprimento dos mandados em Fortaleza, Caucaia/CE e Belém/PA. A execução das medidas contou ainda com a participação de policiais da Controladoria-Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública - CGD.

Polícia Federal prendeu 12 pessoas, sendo 11 policiais civis, nesta sexta-feira (27), durante a segunda fase da "Operação Vereda", que investiga a participação de policiais em um esquema de comércio ilícito de anabolizantes e tráfico de drogas. Outros quatro agentes públicos foram afastados das funções nesta fase da operação. Segundo a PF, o número de prisões pode aumentar, já que a operação segue em andamento.

Fonte: Metrópole News

O prefeito Naumi Amorim entrega neste sábado (28/7) mais um sistema de iluminação a comunidades de Caucaia. A população beneficiada desta vez será a da Esplanada do Araturi, na Grande Jurema. A solenidade acontecerá às 17 horas.

Essa será a quarta inauguração do tipo feita por Naumi somente neste mês de julho. As outras três foram: os índios Tapeba, no campo de futebol às margens da BR-222; a Lagoa do Tronco, no Arianópolis, que existe há 20 anos e nunca teve luz; e o Campo dos Cobras, no Padre Júlio Maria, onde os moradores há muito tempo reivindicavam iluminação.

Em todos os casos, tanto o projeto quanto a montagem da estrutura foram feitos pela Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans). À Enel, companhia responsável pelo fornecimento de energia no Ceará, coube aprovar esses projetos e fazer a ligação dos parques elétricos.

Fonte: ASCOM

Fortaleza sofre uma onda de ataques a ônibus e locais públicos desde a madrugada desta sexta-feira (27). Oito ônibus foram alvos de ataques de incendiários. Quatro deles ocorreram durante a tarde, e outros três nesta noite. Um veículo também foi alvo em Horizonte, na Grande Fortaleza.

Criminosos também assemessaram artefatos explosivos contra agências dos Correios, bancos privados e um prédio da Prefeitura de Fortaleza. Não há feridos em nenhum dos casos, conforme a Secretaria de Segurança Pública.

 

Resumo dos ataques

 

 

  • Oito ônibus destruídos em Fortaleza e Horizonte
  • Ataques ao transporte público nos bairros de Fortaleza Álvaro Weyne e Jacarecanga; as chamas foram controladas antes que destruíssem os veículos
  • Disparos de arma de fogo na agência dos Correios, no Bairro Jacarecanga; no prédio do Detran do Bairro São Gerardo; e na sede da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, no Bairro Vila União
  • Coquetéis molotov foram arremessados na Regional IV, da Prefeitura de Fortaleza, no Bairro Serrinha; o fogo não se alastrou pelo prédio
  • Coquetel molotov arremessado contra uma agência bancária, no Carlito Pamplona

investigações iniciais apontam como motivação dos ataques uma represália pela morte de três lideranças de organizações criminosas, na quinta-feira, 26, na cidade de Amontada. Durante operação da Polícia Civil, os três homens teriam reagido à abordagem e houve troca de tiros.

Um dos mortos foi Francinei Nobre da Silva, o Gangão, que já havia sido preso pela Delegacia de Roubos e Furtos em 2015, em Caucaia, com um fuzil AK-47. Após a prisão dele, na época, foram registrados ataques a ônibus. Gangão era ligado ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Em 2017, estava solto e foi alvo da operação Carga Pesada, da Polícia Federal. Ele era investigado por financiar organização criminosa e receptar produtos roubados de cargas dos Correios.

Também morreu na ação policial de quinta-feira Francisco Adriano Martins. Preso por sequestro-relâmpago, ele foi resgatado em 2005, do 25º DP, na Vila União, durante escolta de presos. O resgate dele ocasionou a morte do soldado Francisco Barbosa Sena. O terceiro morto, José Silvio dos Santos Vieira, o Silveirinha, até meados de 2012 era considerado um dos homens mais procurados do Ceará. Ele, que havia fugido do antigo IPPS na companhia de Fabinho da Pavuna, era apontado como mandante de série de execuções.

A picada no pé de Jair de Paulo, de 11 anos, quase não dá para perceber, mas ela poderia ter matado o garoto. Jair foi picado por uma cobra jararaca.

Segundo os especialistas do Centro de Assistência Toxicológica de Fortaleza (Ceatox), do Instituto Dr. José Frota (IJF), Jair começou a vomitar sangue, sintoma comum em casos de picada de cobra.

Por mês, o centro atende cerca de 350 casos de picadas de escorpião e cobra. Nesse período do ano, época de reprodução das espécies, os casos de picadas aumentam.

Veja todos os detalhes no vídeo, do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band: AQUI

 

 

Fonte: Tribuna do Ceará

A operação da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) que aconteceu na manhã desta terça-feira, 24, movimentou a Delegacia de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Perícia Forense, mas terminou sem prisões. 

De acordo com a SSPDS, o objetivo da ação era cumprir mandados de busca e apreensão coletivos. Seriam imóveis relacionados ao comércio de entorpecentes, no bairro Jurema. Agentes da DCTD e do Batalhão de Choque foram deslocados para o lugar, mas não aconteceram prisões. Conforme a Secretaria, as investigações dos suspeitos de tráfico de drogas seguem em andamento e são conduzidas pela DCTD. 

Em contato com policiais da área da Caucaia, a reportagem foi informada que a ação era  das forças de segurança especializadas, e que eles não foram informados da operação. Eles afirmaram ainda que a Polícia procurava um suspeito identificado apenas como Canindé, que seria um dos alvos da operação. No entanto, ele já havia sido preso pelo Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Ostensivas (BPRaio) da Caucaia. O indivíduo estaria internado no hospital após troca de tiros com a Polícia. 

O POVO Online esteve nas delegacias da Jurema, Caucaia e DCTD. No entando, nenhuma apreensão de entorpecente referente à operação foi registrada, conforme informaram os policiais.

Fonte: O Povo

Há quase oito meses a família de Kércia Clarice sofre não só com a morte da jovem, assassinada aos 23 anos, como também com a sensação de impunidade. A moça teve a vida tirada com um tiro no rosto após discussão na saída de uma festa em Caucaia, no dia 1º de dezembro de 2017.

O caso foi investigado pela Delegacia Metropolitana de Caucaia e aguarda o andamento dos trâmites na Justiça. Pai e mãe da vítima clamam pela celeridade do processo, que já tem o principal suspeito identificado.

“Não vejo resposta de jeito nenhum. Nós estamos implorando justiça. Que a justiça seja feita, que ele seja preso. Apesar de todos saberem que foi ele, infelizmente está solto, seguindo a vida. E a minha filha não teve essa chance de seguir a dela, de realizar tantos sonhos que ela tinha. Acabou com a vida da gente. Mas o mínimo que podemos fazer é lutar para que, quem tirou a vida dela, sem motivo nenhum, vá para trás das grades e pague pelo crime que ele cometeu”, disse a mãe da vítima, Rosa Gomes.

Segundo testemunhas, na época, Kércia Clarice foi convidada por amigos para ir a uma festa numa casa noturna perto da BR-020. Na saída do local, encontraram um outro grupo que teria começado uma discussão. O suspeito, Igor Oliveira, teria xingado a jovem e depois atirado contra ela à queima-roupa. A motivação do crime é desconhecida, mas muitos apontam que o acusado teria inveja da vida da jovem.

“Não entendo porque ele tirou a vida dela. Uns disseram que era ciúme, outros disseram que ele tinha inveja da vida dela. Creio que seja mais por inveja. Não sei nem o porque ela morreu… É muito triste isso. O pior é que já ouvi comentários que ele anda difamando ela. Isso é mais triste ainda .Isso dói muito porque sei quem era minha filha. Ela era uma pessoa de coração grande”, questionou a mãe, emocionada.

Com as investigações concluídas, os pais da vítima aguardam que o suspeito vá a julgamento. A demora para que isso ocorra, reforça o medo da impunidade.

“Não posso perder a esperança de que a justiça será feita. Se eu perder, vou me enterrar. Tenho que acreditar que ele vai ser preso. Ele fez isso com a vida dela, mas também destruiu minha família. Meu esposo ficou doente, passou muito mal. Tive medo de perder ele também. Eu sei que Deus faz justiça, mas quero a justiça dos homens. Quero uma resposta, preciso de uma resposta pra poder me acalmar e seguir minha vida”, implorou Rosa Gomes..

O pai, Márcio Tavares, chegou a perder a voz com a morte da filha, tamanho o abalo psicológico. Ele também não lembra do velório da filha. Ainda emocionado, ele reforça o pedido para maior celeridade na resolução do caso e punição do suspeito.

“Não consigo entender porque ele ainda não foi preso. Clamo às autoridades competentes que tomem a par desse caso. Queria que as autoridades se colocassem no meu lugar. Estamos clamando pela agilidade. Se todo mundo já sabe que foi ele, se as testemunhas foram ouvidas, foi pra delegacia, foi para o fórum, a gente vê que está parado. Queria saber se vai ser mais um crime impune de violência contra a mulher. Não quero vingança, a gente quer que a justiça tome de conta e faça o papel dela. Ele matou uma jovem cheia de sonhos, de planos, que teve a vida ceifada”, desabafou o pai, com a voz embargada.

Fonte: Tribuna do Ceará
 

Um homem identificado por David Bezerra, 18 anos, foi morto a facadas na comunidade de Serrote que fica no Distrito de Sítios Novoszona rural de Caucaia. A vítima foi morta após sair de um bar com um amigo, e seu corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (23), próximo ao bar. O suposto amigo que estaria com David, fugiu do local. Equipes da políacia militar e perícia forense atenderam a ocorrência. #metropolenews

Nossos Contatos

Entre em contato conosco

WhatsApp - 85 8121-5746

 

ANUNCIE EM NOSSO SITE E APAREÇA DE VERDADE

TEMOS UM ESPAÇO ESPECIAL PARA SEU ANUNCIO

 

Imagens das Postagens

Maré alta na praia do Icaraí gera transtornos e preocupa moradores e comerciantes

Blitze educativas para o Pré-Carnaval começam sábado (23) em Caucaia

Justiça federal determina bloqueio de bens do prefeito afastado de Tauá, Carlos Windson

Em Caucaia, novos gestores assumem na Agricultura, Esporte e Patrimônio

Apresentador Kaio Cézar que pediu demissão do Sistema Verdes Mares culpa diretor Paulo César Norões: Arrogante, me apunhalou

Aulas do maior complexo educacional de Caucaia começam dia 25 de fevereiro

Advogados que captam clientes na rua estão contra a lei

Em quatro anos, Enel é multada pela Arce em mais de R$ 40 milhões

Hospital Municipal de Caucaia completa um ano reformado; pacientes e profissionais destacam melhorias

PORTAL METRÓPOLE NEWS © 2018 Todos direitos reservados