Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Imagem Do Topo
Leandro

Leandro

A expectativa foi confirmada. Caucaia registrou em 2019 o melhor saldo de vagas de emprego de todo o Ceará. Foram 2.039 oportunidades formais de janeiro a dezembro. Trata-se do melhor desempenho do município desde 2015 e da reversão quase total do número negativo de 2016.
 
O índice caucaiense em 2019 é 11% superior ao de Fortaleza, maior centro financeiro do estado, e quase o dobro do saldo de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (24/1).
 
Em relação a 2018, quando registrou saldo positivo de 472 vagas, Caucaia apresentou crescimento de 342% em 2019. Somados, os indicadores de 2018 e 2017 chegam a 957, o que representa menos da metade do saldo do ano passado.
 
As ocupações com melhor saldo de vagas em 2019 foram: alimentador de linha de produção, servente de obras, inspetor de qualidade, operador de empilhadeira e garçom. Com isso, os setores que melhor definem o perfil econômico atual de Caucaia são: indústria da transformação, construção civil, comércio e serviços.
 
“Em 2016, o município teve um desempenho muito ruim. O saldo ficou negativo em quase 4.000 vagas. Agora, com a política de atração de investidores que colocamos em prática, o quadro começa a inverter. Entramos numa série positiva e estamos quase eliminando esse cenário desastroso de quatro anos atrás”, comemora o prefeito Naumi Amorim.
 
Gestor do Sine Municipal de Caucaia, Alexandre Fonseca detalha o bom desempenho da cidade. “Na construção civil, as obras de infraestrutura da Prefeitura foram um importante fomentador. O mercado imobiliário esteve aquecido. Na indústria de transformação, novas empresas foram atraídas. E o turismo movimenta o setor de serviços.”

Em 2020, mais um ciclo será iniciado pelo projeto, ainda sem data definida. Cerca de 1.000 pessoas já foram impulsionadas a se tornarem protagonistas na economia local

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) produz aço e o resultado disso é que também produz conhecimento, oportunidades e novos negócios. O programa Território Empreendedor é uma expressão disso. Criado pela CSP, o programa conta com parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e apoio da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante. Todos que fazem parte da região onde a empresa está instalada pode participar: aqueles que sentem o desejo de aprender a empreender; os empreendedores informais; os empresários de micro e pequenas empresas; e os produtores rurais.

A palavra desenvolvimento passa a ser compreendida e vivenciada na prática com as diversas frentes do Território Empreendedor. A partir da Rede de Cooperação Público Privada, os empresários locais dialogam diretamente com representantes do governo municipal, em prol de um ambiente favorável aos Pequenos Negócios. A participação média tem sido de 35 a 40 empreendedores por reunião. Já por meio de Trilhas Empreendedoras, os participantes percorre um caminho de soluções, com consultorias, cursos, oficinas e palestras. Além disso, um lugar específico para acolher esses trabalhadores foi criado: a Casa do Empreendedor, um equipamento público que dá suporte a diversas ações. As feiras colaborativas expõem resultados e convidam novos participantes.

Ao longo dos três últimos anos, o Território Empreendedor já impulsionou mais de 1.000 homens e mulheres, moradores de Caucaia e São gonçalo, a serem protagonistas na história de suas vidas e de seus municípios. E, em 2020, mais um ciclo será iniciado pelo projeto.  A gerente de Relações com Comunidades da CSP, Cristiane Peres, destaca o diferencial que tem potencializado os esforços do programa. 

“Buscamos unir a gestão e a prática, para que as pessoas consigam colocar efetivamente em ação as suas ideias. Isso transforma o Território Empreendedor em um trabalho de empreendedorismo diferente. Com aquele potencial empresário que tinha apenas a ideia, a gente atua para que ele se estruture, se capacite em todas as frentes, no fazer e na gestão, para a compreensão completa de como gerir o seu negócio. Isso contribuiu bastante para desenvolver muitos negócios aqui na região”, explicou a gestora.

Produção local em destaque

As áreas de comércio e varejo, beleza, gastronomia e produção rural nessas regiões estão mudando e a CSP é um dos motores propulsores desse desenvolvimento, em que todos ganham. Esse é o caso da Carolina Bernardes, 30 anos, que é natural de Brasília e hoje reside em São Gonçalo do Amarante. Ela é psicóloga e palestrante no Espaço Integra, especializado em terapias da área da Psicologia, palestras motivacionais e coaching. Após um mês de abertura do seu consultório, ela recebeu um convite para conhecer a ação da CSP.  

“A minha história com o Território Empreendedor foi impressionante. Foi mais do que eu imaginava. Quando eu cheguei (na reunião), percebi ali muitas pessoas com as mesmas dificuldades e desafios que eu, e lá a gente descobriu não só parceiros de negócios, mas também muitos clientes”, relata. Para ela, o programa possibilita um espaço de troca de informações, serviços e parcerias. “É onde a regiãio pensa em conjunto, se une e ganha visibilidade, faz com que as pessoas percebam que elas não precisam se deslocar para outra cidade, sabendo que elas têm produtos e serviços de qualidade onde elas moram. Então, se a pessoa tem visão de futuro e quer crescer, essa pessoa vem pro Território Empreendedor, porque todo mundo que tá ali compartilha desse pensamento, de que a gente precisa crescer e desenvolver nossa região”, contou.

Coragem para sonhar

A cadeia de suprimentos que está surgindo no Pecém também é uma oportunidade para a região. O programa da CSP gera um ciclo virtuoso na economia local e contribui para que o seu entorno seja um ambiente favorável aos pequenos negócios. A Ana Angélica Dias da Silva, 52 anos, mora há 20 anos em São Gonçalo do Amarante, possui formação técnica em Ótica e é comerciante na área. Ela faz parte da Associação Comercial e Empresarial de São Gonçalo (ACESGA) e há dois anos participa do Território Empreendedor.  

“Isso já me ajudou muito, tanto na vida pessoal como na profissional. O curso Liderar, por exemplo, foi muito incrível! As consultorias contribuíram para o meu crescimento, para superar meu medo de investir e foram muito proveitosas para melhorar meu atendimento. Só tenho a agradecer: eu cresci, com certeza! Foi nota 10”, relatou. Sobre as Rodadas de Negócios, ela conta que têm sido algo “muito bom para o crescimento e desenvolvimento do comércio da cidade”. 

Jovens produtivos e empreendedores

Contribuir para a inclusão social e produtiva de jovens e adultos é um dos objetivos do Território Empreendedor, que coopera para a criação de oportunidades e para o sucesso de projetos já iniciados. A Cláudia Lorena de Sousa, 28 anos, graduanda de marketing digital, é fundadora da Ícone Comunicação e Marketing, que tem sede em São Gonçalo do Amarante. Em 2017, com cerca de seis meses de funcionamento da empresa, ela e o companheiro conheceram a Rede de Cooperação. 

“Curiosos, em busca de contatos, fomos à reunião. Lá conhecemos outros empreendedores, alguns mais experientes, já outros nem tanto, como nós. Após algumas reuniões, sentimos a necessidade de ter uma loja física e assim fizemos", contou. Em seguida, eles participaram da Trilha Empreendedora do Comércio, que os fez ter uma visão maior sobre a realidade de empreender, vender, planejar e controlar o negócio.  “Foi muito bacana ter esse auxílio no momento em que a nossa agência se encontrava em uma nova realidade. Participar da Trilha do Comércio nos deu mais confiança para seguir em frente e colocar nossos planos em prática e da forma correta”, disse. Além das Trilhas, o casal havia planejado eventos para expor os produtos e serviços. “Participamos da maioria das feiras e foi incrível! O Território Empreendedor nos abriu portas que, sozinhos, com certeza, não teríamos conseguido. Todas as parcerias e aprendizado efetivados foi de grande valor para a nossa existência empresarial. Muito obrigada a todos que contribuem para que mais pessoas possam realizar o seu sonho de empreender”, finalizou.  

Números para serem lembrados

- Mais de 1.000 empreendedores já foram beneficiados diretamente pelo Território Empreendedor ao longo dos últimos três anos​.

- Ao todo, foram mais de 500 horas de capacitação e acompanhamentos por meio das Trilhas Empreendedoras.

- Foram mais de 50 cursos, 20 palestras e reuniões sequenciais para apoiar negócios das pequenas empresas da região.

- Criação da Rede de Cooperação, onde foram oferecidas mais de 100 horas de treinamento em gestão de grupos para 30 liderança empresariais.

- O território empreendedor desde 2014.

Com lances a partir de R$ 300 para motos e R$ 2,5 mil para carros, foi aberto, a partir desta quinta-feira (23), o primeiro leilão do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) deste ano. O arremate segue até sábado (25), com 767 lotes de veículos e sucatas. Os veículos podem ser adquiridos sem débito anterior ao leilão.

Estão disponíveis para leilão veículos de entrada como Celta, Gol, Palio, além de caminhonetes como Ranger e S10, de diversos anos de fabricação. No caso de arremate de peças veiculares, somente sucateiros previamente cadastrados no Detran-CE podem participar desta modalidade do leilão.

Os lances variam de R$ 300,00 a R$ 2.600,00 para motocicletas. Para carros, as ofertas começam em R$ 2.500,00 e vão até R$ 10.000,00.

 

Como participar

 

Com exceção da compra de sucatas, qualquer pessoa pode participar dos arremates. Os lances podem ser feitos presencialmente, no pátio da Montenegro Leilões, no bairro Castelão, em Fortaleza.

Também é possível fazer lances no site da Montenegro Leilões. Os lotes estão abertos para visitação durante todos os dias do evento, a partir das 9h da manhã.

 

Serviço

 

Leilão de Veículos do Detran CE

Datas: 23, 24 e 25 de Janeiro de 2020

Horário: Visitação – 9h / Leilão – 10h

Como participar:

Presencialmente – Pátio do Leiloeiro (Rua Ademar Paula, Nº 1000, Castelão – Fortaleza/CE).

On-Line – Cadastro e lances através do site: www.montenegroleiloes.com.br

As inscrições para o processo seletivo de duas novas unidades do Colégio da Polícia Militar do Ceará , situadas em Sobral e Maracanaú, começam nesta sexta-feira (24). A cidade da Região Metropolitana de Fortaleza recebe o 3º Colégio da Polícia Militar do Ceará Tenente Mário Lima (3º CPM-TML) e Sobral recebe o 4º Colégio da Polícia Militar Ministro Jarbas Passarinho (4º CPM-MJP).

O Colégio de Maracanaú ofertará 280 vagas. Já na unidade de Sobral, serão 820 vagas. Em ambas, para o Ensino Médio. O processo para admissão de novos alunos inicia-se com a fase de inscrições, que vai somente até a próxima segunda-feira (27). Esta etapa é realizada exclusivamente pela internet. No site para realizar a inscrição estão os editais e todas as informações do certame:

 

Seleção dos alunos

 

A prova do processo seletivo está prevista para o próximo dia 9 de fevereiro, um domingo, às 9h da manhã, e terá duração de três horas. A avaliação contempla os conteúdos de português e matemática.

As vagas nos dois colégios serão preenchidas por candidatos dependentes de servidores estatuais das forças de segurança pública (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Perícia Forense) e por não dependentes (público geral).

Assaltantes invadiram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Jangurussu, em Fortaleza, reviraram e quebraram diversos equipamentos e roubaram pacientes e servidores por volta das 4h50 desta sexta-feira (24). De acordo com um paciente, que não quis se identificar, quatro homens armados renderam um funcionário e obrigaram todos a deitarem no chão.
 
"Eles levaram computadores, celulares dos pacientes. Eles foram muito violentos, chamavam muito palavrão e pediam os celulares, chutando os pacientes que aqui se encontravam à procura de atendimento. Levaram computadores, quebraram a máquina de Raio-X. Muito violentos", relatou uma paciente e moradora do bairro, que preferiu não se identificar.
 
Uma recepcionista chegou a ser rendida com uma arma na cabeça. O portão do estacionamento da unidade foi derrubado durante a ação criminosa. Do lado de fora, um veículo dava cobertura ao grupo, segundo testemunhas.
 
Moradores disseram que ouviram tiros durante a ação criminosa. Uma das balas chegou a atingir a faixada da casa de uma moradora, que não quis se identificar. " Eu me acordei com o barulho. Aí nós ficamos presa dentro de casa com medo né. Estava com medo de abrir a porta. Tava os gritos aí e o cara pedindo pra não matar ele e ele dizendo que ia matar. Foi uma coisa horrível, foi tiro aqui", disse.
 
Um suspeito ficou ferido e foi socorrido por um dos médicos da UPA. Um servidor conseguiu acionar a Polícia Militar, que agiu rápido e conseguiu capturar um dos suspeitos. Os demais conseguiram fugir.
 
As investigações ficarão à cargo do 13º Distrito Policial, localizada no Bairro Cidade dos Funcionários.
 
Via: G1
 
Uma mulher sem mãos e pernas teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho.
 
Em entrevista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição, a ex-sinaleira Cleomar Marques conta que entrou com três pedidos no INSS em 2019, mas todas as solicitações foram negadas. Uma delas porque Cleomar não poderia assinar os papéis.
 
"Uma servidora puxou os papéis e perguntou: 'quem vai assinar? Você assina?'. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: 'ah, então não vale'. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora", afirma.
O INSS foi questionado a respeito da frase que, segundo Cleomar, a servidora falou, mas não respondeu até a última atualização desta reportagem.
 
Mesmo com a negativa do INSS, Cleomar fez um novo requerimento para tentar um benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência,que também foi indeferido por ela ter uma renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo, ou seja, uma média de R$ 238,50.
 
À Rede Amazônica, o INSS informou que a renda foi apurada com as informações do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do governo.
 
Em um terceiro requerimento, a ex-sinaleira teve a solicitação de benefício indeferida porque o INSS alegou "falta do período de carência".
 
Cleomar diz que precisa do auxílio do INSS, pois não pode trabalhar e sua filha fica em casa para ajudá-la na alimentação e banho, por exemplo. Atualmente, mãe e filha dependem de doações para sobreviver.
 
"Olha, é um constrangimento para mim tudo isso. Eu trabalhava, tinha minha vida e agora sou dependente dos outros. É a minha filha, única que mora comigo, que faz tudo para mim", desabafa.
 
Amputações dos membros
 
Cleomar trabalhava como sinaleira em uma das usinas de Porto Velho e, de uma hora pra outra, passou a sentir dores fortes no estômago. Ela foi várias vezes na emergência e o médico desconfiou de uma gastrite.
 
A mulher então fez um novo exame e foi informada que seu problema poderia ser Helicobacter pylori, uma bactéria que aparece na mucosa do estômago. Em uma outra consulta o médico informou que o problema era na vesícula.
 
A dor continuou e, após idas e vindas na emergência, Cleomar pediu para ser internada no pronto socorro do Hospital João Paulo II.
 
Foi então que os médicos decidiram operar a paciente. Após a cirurgia, Cleomar entrou em coma, teve infecção generalizada e os membros foram necrosando. Quando acordou não tinha mais os membros inferiores e superiores.
 
"Quando eu acordei eu já estava assim [amputada]. Abriram tudo em mim, mas eu não vi nada. Só lembro de entrar na sala de cirurgia", diz.
 
O que diz o INSS?
 
Até a última atualização da reportagem, o INSS não se posicionou sobre a reclamação de Cleomar em ter o benefício vetado por não poder assinar os papéis.
 
Porém, o instituto afirmou à Rede Amazônica que foi solicitado ao instituto um auxílio-doença para Cleomar e este foi indeferido por falta de período de carência, no ano passado. Depois, um novo benefício foi solicitado, também sendo indeferido por apresentar renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo.
 
Ainda segundo o INSS, a renda da família foi apurada em razão das informações constantes do cadastro único para programas do governo federal.
 
O INSS informou ainda que atendeu pessoalmente a filha de Cleomar e foi informado que um novo requerimento poderia ser feito se houvesse alteração da composição do grupo e também da renda familiar junto ao Cadúnico.
 
Ainda segundo o instituto, Cleomar agora pode procurar o INSS, pois poderá solicitar o requerimento de um novo benefício.
 
Veja matéria:
 
 

O prefeito Naumi Amorim autorizou nesta quarta-feira (22/1) reajuste salarial de 4,48% para os servidores municipais de Caucaia. O benefício é válido para todos os funcionários efetivos, com exceção dos profissionais do Magistério – cujo aumento é diferenciado, conforme determina a legislação.
 
O índice será enviado para apreciação da Câmara de Vereadores. A matéria chegará ao Legislativo Municipal com pedido de tramitação em regime de urgência. Com isso, a Prefeitura pretende pagar o salário de janeiro dos servidores já com o reajuste.
 
“Nós temos feito todo o esforço possível para os servidores se sentirem valorizados. O que a gente pode conceder de aumento e outras melhorias, tudo com muita responsabilidade, nós concedemos. Porque são eles quem fazem a Prefeitura mantém os serviços funcionando. E essa valorização não é de agora. Tem sido assim desde que a gestão começou”, afirma Naumi.
 
Segundo a Secretaria Municipal de Administração, Recursos Humanos, Segurança Urbana e Cidadania, o impacto mensal da medida é de R$ 378,4 mil. O reajuste também incide sobre férias e 13º salário.
 
Quando considerado o aumento determinado pelo prefeito na última segunda-feira (20/1) para os profissionais do Magistério – de 12,84% -, o impacto mensal é de R$ 1,6 milhão.
 
Desde janeiro de 2017, quando a atual administração começou, o salário dos servidores é sempre pago em dias. Não há registro de atraso, com a remuneração depositada dentro do mês corrente ou até, no máximo, o quinto dia útil do mês seguinte.
Agentes da Polícia Militar de Caucaia cercaram um comércio e apreenderam três adolescentes durante um assalto na Praia do Cumbuco, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, na tarde desta terça-feira (21).
 
De acordo com a polícia, a ocorrência aconteceu na Avenida Central. Os jovens não reagiram e os pertences das vítimas foram recuperados.
 
Na ocasião, foram apreendidos com os jovens uma faca, uma pistola falsa, um relógio, cinco celulares e R$ 416 em espécie.
 
Dois jovens de 16 anos e um de 14 anos foram levados para a Delegacia do Cumbuco, onde foram autuados.
No início, Vitória Araújo sentia apenas cansaço. Depois percebeu que a gengiva estava sangrando. Fez exames em um dia e, no outro, desmaiou em casa. Em seguida, veio o diagnóstico: leucemia, com apenas 16 anos. Para acolher a adolescente, que recebeu a notícia tão cedo, toda a família de Vitória raspou o cabelo junto com ela.
 
"Eu agi naturalmente, nem parecia que estava recebendo aquela notícia, todo mundo ficou surpreso com minha reação. É assim que encaro a vida", disse Vitória.
 
Assim que recebeu o diagnóstico, Vitória não voltou mais para casa. Ficou internada quatro meses no hospital e reagiu muito bem ao diagnóstico. Mas teve um apoio incondicional das cinco irmã.
 
Depois de quase seis meses de tratamento, os cabelos de vitória começaram a cair. Na semana passada, ela pediu para a irmã mais velha raspar todo o cabelo de uma vez. Três dias depois, a surpresa: a irmã gêmea de Vitória apareceu em casa de cabelo raspado. As outras irmãs se empolgaram e fizeram o mesmo.
 
A tia também raspou o cabelo. E, por último, a mãe também entrou nessa rede de solidariedade com a filha. "Foi muito divertido, o processo principalmente. Fizemos vários cortes da moda para nos divertir", disse Adriana Aráujo, irmã de Vitória.
 
 
Adriana assumiu a tesoura e durante os cortes foram muitas brincadeiras. Ficar careca foi divertido. A surpresa das irmãs para Vitória, no entanto, não surpreendeu a mãe, Vanda Maria, que já esperava essa atitude das filhas. "Porque conheço elas, já sabia. São sempre unidas", ressaltou.
 
Todo o processo de tratamento da irmã está sendo encarado com muita leveza. "Isso para mim é um orgulho, ver uma família tão unida", disse Enéas José, pai de Vitória. O lema da família agora está claro: uma por todas, todas por uma.
Francisco Gleison de Sousa, de 24 anos, digital influencer conhecido como "Pirangay”, foi encontrado morto na residência de um amigo na rua Monsenhor Salviano, no bairro Parangaba. O rapaz mantinha um perfil humorístico em uma rede social onde publicava fotos e vídeos do seu cotidiano. O corpo dele foi encontrado na manhã desta segunda-feira (20).
 
Segundo um familiar de “Pirangay”, que não quis se identificar, a causa da morte foi enforcamento. A família do jovem soube do crime através de uma amiga dele, que foi informada por uma pessoa que mora nas proximidades da casa onde ele estava.
 
Vários seguidores lamentaram a morte do rapaz por meio de comentários nas publicações mais recentes do perfil de “Pirangay”.
 
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), além do amigo, que é proprietário da casa, outras duas pessoas estavam no local com o influencer. O corpo foi encontrado em um dos cômodos pelo dono do imóvel, que procurou o 5º Distrito Policial para comunicar o caso.
 
O crime está sendo investigado pela 5ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os agentes foram até o local para realizar os levantamentos e identificar os suspeitos. A motivação do homicídio é desconhecida.
Página 1 de 107

Nossos Contatos

Entre em contato conosco

WhatsApp - 85 8121-5746

 

ANUNCIE EM NOSSO SITE E APAREÇA DE VERDADE

TEMOS UM ESPAÇO ESPECIAL PARA SEU ANUNCIO

 

Imagens das Postagens

Caucaia é o município que mais gera vagas no CE; desempenho é o melhor desde 2015

Novos negócios e vocações são desenvolvidas com o Território Empreendedor em Caucaia e São Gonçalo do Amarante

Leilão do Detran-CE tem lance inicial de R$ 300 para moto e R$ 2,5 mil para carro

Inscrições para os novos colégios da Polícia Militar no Ceará começam nesta sexta-feira

Assaltantes invadem UPA, quebram equipamentos, rendem e roubam pacientes e servidores

Mulher sem mãos e pernas tem pedido de benefício negado pelo INSS por não poder assinar papel

Prefeito Naumi Amorim anuncia reajuste de 4,48% para servidores

Polícia cerca comércio durante assalto e apreende três adolescentes no Cumbuco em Caucaia

Família raspa cabelo em solidariedade a adolescente com câncer, na Paraíba

PORTAL METRÓPOLE NEWS © 2018 Todos direitos reservados