Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Imagem Do Topo

Conta de luz volta a ter aumento em maio, após cinco meses de Bandeira Verde

As contas de luz vão ficar mais caras em maio. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu que a bandeira tarifária de maio será amarela, o que implicará um custo adicional de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumido. De dezembro até abril, estava em vigor a bandeira verde, em que não há cobrança de taxa extra. 

As duas variáveis que definem o sistema de bandeiras tarifárias são o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD) e o nível dos reservatórios das hidrelétricas, medido pelo indicador de risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês).

"Maio é o mês de início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico (GSF) e motiva o acionamento da bandeira amarela", diz nota divulgada pela Aneel.

Com relação ao PLD, a Aneel avalia que, diante da perspectiva de que as afluências aos principais reservatórios fiquem perto da média, o PLD deve permanecer próximo ao registrado nos últimos meses. 

Escala 

Na bandeira verde, não há cobrança de taxa extra. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,00 a cada 100 kWh consumidos. No primeiro nível da bandeira vermelha, o adicional é de R$ 3,00 a cada 100 kWh. E no segundo nível da bandeira vermelha, a cobrança é de R$ 5,00 a cada 100 kWh.

O sistema indica o custo da energia gerada para possibilitar o uso consciente de energia. Antes das bandeiras, o custo da energia era repassado às tarifas no reajuste anual de cada empresa, e tinha a incidência da taxa básica de juros. A Aneel deve anunciar a bandeira tarifária que vai vigorar em junho no dia 31 de maio.

Via: Diário do Nordeste 

 

Leia também: 

Chefe do tráfico de drogas de Itapipoca é executado em restaurante na Cidade 2000, em Fortaleza

 
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Nossos Contatos

Entre em contato conosco

WhatsApp - 85 8121-5746

 

ANUNCIE EM NOSSO SITE E APAREÇA DE VERDADE

TEMOS UM ESPAÇO ESPECIAL PARA SEU ANUNCIO

 

Imagens das Postagens

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado em terreno na Av. Bezerra de Menezes

Iniciada licitação da Barra Nova em Caucaia; Mestre Antônio também será requalificado

Idoso passa mal em ponto de ônibus em Fortaleza, é socorrido por motorista e morre em veículo

Secretaria de Administração Penitenciária do CE diz que agente levou grades de celas em Cariré com autorização do órgão

Enel Distribuição Ceará entrega 50 geladeiras em São Gonçalo do Amarante

Até as grades das celas da cadeia pública de Cariré são furtadas

Ambulância com dois pacientes sofre incêndio a caminho do IJF

Chacina em bar deixa 11 mortos em Belém

Ministério Público pede demissão de familiares da prefeita em Boa Viagem

PORTAL METRÓPOLE NEWS © 2018 Todos direitos reservados