Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Imagem Do Topo

Vizinho que socorreu criança de 10 anos diz que pai tentou convencer filha a voltar para casa

Imagem ilustrativa internet Imagem ilustrativa internet
O vizinho da criança de 10 anos que pulou do primeiro andar de casa para fugir da tentativa de estupro do próprio pai, no bairro Granja Lisboa, afirmou que o suspeito chegou a ir até sua casa tentar convencer a filha a não chamar a polícia. “Só disse que era filha dele, que ela não fizesse aquilo, que tava prejudicando ele”, relatou o vizinho que socorreu a vítima.
 
A menina pulou da varanda da residência por volta de 6h deste domingo (8). Segundo relato dela à polícia, o pai tapou sua boca e tentou estuprá-la. Ela conseguiu se desvencilhar e fugiu, pedindo ajuda na casa do vizinho.
 
As primeiras informações repassadas pela polícia que atendeu o caso eram de que a criança havia pulado do segundo andar. No entanto, em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) corrigiu afirmando que a queda ocorreu do primeiro andar da casa, que possui térreo e parte superior.
 
Ainda de acordo com a SSPDS, o suspeito tem 34 anos e antecedentes criminais por violência doméstica, roubo e furto. Após o fato, ele fugiu.
 
"A única coisa que eu fiz foi mandar ela entrar, fechei o portão. Com pouco tempo o pai dela, sei lá o que ele é dela, desce. Falou nada demais, só disse que era filha dele, que ela não fizesse aquilo, que tava prejudicando ele. Eu disse 'não, se ela tá prejudicando eu não sei, só sei que na minha casa você não entra, eu quero saber realmente o que tá acontecendo'", relatou o vizinho que socorreu a criança.
 
Ainda conforme o homem, a menina apareceu no seu portão sangrando e reclamando de dores.
 
 
"Ela entrou se rastejando no chão, sentou na cadeira. Só tava um pouco sangrando, um pouco machucada e com dor na perna, no pé", acrescentou.
 
O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e será transferido para a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (DCECA), que ficará responsável pelas investigações.
 
Segundo a SSPDS, representantes do Conselho Tutelar acompanham o ocorrido.
 
 
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Nossos Contatos

Entre em contato conosco

WhatsApp - 85 8121-5746

 

ANUNCIE EM NOSSO SITE E APAREÇA DE VERDADE

TEMOS UM ESPAÇO ESPECIAL PARA SEU ANUNCIO

 

Imagens das Postagens

Passageiro poderá pagar passagens de ônibus por meio do celular e cartão pré-pago em Fortaleza

Prefeito de Caucaia autoriza início imediato de obras do Avança Caucaia no Mestre Antônio

Morre de inanição um dos quatro cachorros abandonados sem água e sem comida em apartamento na Tabuba em Caucaia

Adolescente de 15 anos é procurado pela polícia suspeito de estuprar a mãe e irmão em Creteús

Ex-namorado mata comerciante a facadas e comete suicídio em Fortaleza

Prefeito de Caucaia assina nesta quarta (18) Ordem de Serviço para obras no Mestre Antônio

Homem se arrepende de casamento e tenta incendiar cartório para anular casamento

Homem é morto com tiro de sniper depois de manter a ex-mulher como refém em Aquiraz

Homem furta meio milhão das própria empresa que trabalha e é preso após gastar R$ 380 mil

PORTAL METRÓPOLE NEWS © 2018 Todos direitos reservados