Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Imagem Do Topo

Cuidados médicos-veterinários se tornam uma questão de saúde pública

Cuidados médicos-veterinários se tornam uma questão de saúde pública e entram na pauta da campanha eleitoral

Em todas as cidades do Brasil, e Caucaia e região não são exceções, é possível ver o abandono de cães e gatos. Estima-se que no Brasil existam cerca de 30 milhões de cães e gatos em situação de abandono. Em Caucaia, no entanto, ainda não há projetos de iniciativa pública de apoio aos animais, a exemplo de Fortaleza, onde existe o VetMóvel. O VetMovel é uma espécie de clinica ambulante que atende aos animais em situação de risco.

 
Segundo o coordenador do Hospital Veterinario Metropolitano de Caucaia (HVM), Átila Holanda, os serviços mais necessitados pela população para os seus amiguinhos de quatro patas são castrações de cães e gatos, cirurgia de cesárea e cirurgia ortopédica. Ainda de acordo com ele, uma das principais ocorrências que chegam ao hospital para atendimento emergencial são os casos de atropelamento de cães e gatos por imprudência de motoristas.
 
Márcio Sousa, presidente da Sociedade Protetora Ambiental do Ceará (SPA-CE), guarda cópias de 44 Termos de Circunstância de Ocorrência (TCO), em parceria com a Polícia Ambiental do Ceará, sobre maus-tratos aos animais. Segundo ele, é comum receber relatos de violência animal, geralmente proveniente de briga entre vizinhos, em que um dos brigões se vinga no animal do outro.
 
De acordo com Márcia Sobral, professora e coordenadora do HVM, não há recursos nas secretarias de saúde, em nenhum nível, seja Municipal, Estadual ou Federal, para o cuidado dos animais. As campanhas de vacinação são elaboradas pensando na prevenção humana, pois os animais podem transmitir doenças para humanos, e vice-versa. Mas o foco nunca tem sido os próprios animais e o seu bem-estar.
 
Os coordenadores do hospital veterinário ressalvam a importância de campanhas regulares de vacinação contra doenças infecciosas, o que se torna uma grande ameaça para os animais de rua, que por não terem controle de vacinação estão mais aptos a contraírem doenças como Cinomose e Parvovirose canina, além disso, tem a questão relacionada à doença do carrapato e à obstrução as vias urinária nos gatos
 
Isa Lima, responsável pelo projeto Amigos de Quatro Patas, no Bairro Tabapuá em Caucaia, conta que a demanda de animais necessitando de cuidados é grande, e que hoje cuida dos animais na sua própria casa. Isa praticamente transformou sua casa em um abrigo, com foco nos animais deficientes e velhos, principalmente aqueles que não têm chance de sobrevivência na rua.
 
Isa revela que em Caucaia, Fortaleza e Maracanaú, há um verdadeiro descaso do poder público com os animais, que são abandonados muitas vezes à própria sorte; para ela, ainda que uma boa iniciativa, o VetMóvel é bastante burocrático. Não há incentivo do governo para castração realmente gratuita, ou seja, com os custos do pós-operatório incluso.
 
A situação piora nas zonas periféricas, onde a falta de informação reduz os cuidados com os animais. Isa revela que já resgatou animais em sacos de lixo colocados em acostamentos. Animais de todas as raças são abandonados, mas frequentemente os vira-latas são os mais rejeitados. A luta pelo cadastramento de moradores das periferias para castrar os cães e gatos, e punição para quem abandona animais doentes e velhos, é uma luta de todos os protetores de animais.
 
Todos os entrevistados concordaram com a importância da conscientização das pessoas, e que o poder público deve incentivar a educação nas escolas, onde as crianças possam aprender a cuidar e respeitar os animais.  Além de conscientizar os pais também, que muitas vezes vêem as situações de maus-tratos com os animais e não repreendem os filhos, normalizando essa conduta de falta de respeito aos animais.  
Nesta campanha eleitoral, a questão do cuidado com os animais tem aparecido nas plataformas políticas de vários candidatos, o que mostra que, aos poucos, a questão da saúde animal e do seu custo social, migra da esfera das famílias para a esfera do poder público, se tornando, assim, uma questão de saúde pública que demanda uma solução abrangente e completa.
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Nossos Contatos

Entre em contato conosco

WhatsApp - 85 8121-5746

 

ANUNCIE EM NOSSO SITE E APAREÇA DE VERDADE

TEMOS UM ESPAÇO ESPECIAL PARA SEU ANUNCIO

 

Imagens das Postagens

Caucaia é único município cearense a ofertar atendimento oftalmológico em postos

Naumi Amorim assina contrato de US$ 80 milhões com banco internacional

CSP abre 60 vagas no Programa Jovem Aprendiz e Aprendiz PCD para 2019

Crise de identidade? PT troca o vermelho por verde e amarelo

IFCE Caucaia com mais de 100 vagas em cursos gratuitos

Prefeito abre programação da Semana do Município

Principal acesso a Caucaia recebe 341 lâmpadas de LED

Projeto de lei muda nome de rua e presta homenagem a Guarda municipal assassinado no bairro do Itambé em Caucaia

Batalhão do Exército de Garanhuns/PE vai atuar na Garantia das Eleições em Caucaia no Ceará

PORTAL METRÓPOLE NEWS © 2018 Todos direitos reservados