Metrópole News

Caucaia

Prefeito negocia contrato com executivos do banco internacional

O assunto está em pauta desde ontem

O prefeito Naumi Amorim está novamente em Brasília para tratar do financiamento solicitado por Caucaia ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). Nesta terça (19/6) e quarta-feiras (20/6), o gestor reune-se com executivos da entidade para discutir cláusulas do contrato.

O assunto está em pauta desde ontem, quando uma comitiva técnica da Prefeitura desembarcou na capital federal para negociar o contrato também com representantes da Procuradoria Geral da República (PGR), da Secretaria de Assuntos Internacionais (Ministério do Planejamento) e da Secretaria do Tesouro Nacional (Ministério da Fazenda).

Trata-se de uma fase obrigatória da tramitação do pedido da Prefeitura ao CAF. Essa é a quinta vez que Naumi vai a Brasília exclusivamente para articular a liberação do recurso tanto junto ao banco quanto junto ao Congresso Nacional e ao Palácio do Planalto.

“O CAF é uma instituição séria, que só libera recurso depois que se cumpre uma série de etapas. Nós já cumprimos várias etapas importantes, temos outras pela frente e só vamos descansar depois que conseguirmos. Essa é uma verba fundamental pro desenvolvimento de Caucaia”, sintetiza Naumi Amorim.

Titular da Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Orçamento (Sefin), Marcus Mota participa das negociações em Brasília. E explica: “até o momento, nós tínhamos a minuta de contrato. Estamos agora batendo o martelo. Definindo as regras do jogo. E a articulação do prefeito faz com que tudo ande mais rápido.”

Após a negociação nos ministérios e com representantes do CAF, a Prefeitura aguardará a aprovação da contratação do crédito pelo Senado Federal e a posterior sanção do presidente Michel Temer para assinar contrato com o banco e ter acesso ao dinheiro.

São pleiteados 80 milhões de dólares para o Programa de Infraestrutura Integrada (PII), cujo principal benefício será na mobilidade urbana de Caucaia. Mais de 60% da verba serão investidos nesse setor. A expectativa é de que as obras iniciem ainda em 2018 e durem três anos.

Com o PII, a Prefeitura vai interligar Jurema, Sede e Litoral, além de construir pontes e viadutos, urbanizar lagoas, construir praças multiuso, requalificar vias de diversas regiões e o Centro, criar ciclovias e melhorar a malha viária de Caucaia. O município terá 16 anos para pagar o financiamento.

Página:

http://metropolenewscaucaia.com.br/noticia/caucaia/2018/06/19/prefeito-negocia-contrato-com-executivos-do-banco-internacional/1178.html